FESTIVAL VOZES DA TERRA

O FESTIVAL

Inspirado no Festival de Música Popular Brasileira, que surgiu em 1967, produzido pela Record, o projeto - antes denominado Festival de Intérpretes - teve início em 2001, em Feira de Santana, com objetivo de valorizar e investir na carreira dos artistas feirenses.

Na época, os candidatos interpretavam músicas de cantores famosos, com intuito apenas de apresentarem a sua voz. Os candidatos se inscreviam e determinavam que canção iriam defender. O processo se dava através de inscrição e seleção entre os 15 melhores que iriam se apresentar na grande final.

O Festival era realizado durante três dias, sendo dois dias de eliminatórias, e no terceiro dia a escolha dos melhores entre primeiro, segundo e terceiro lugar.

No ano seguinte, após sucesso de lançamento do projeto, percebeu-se a necessidade de registrar as canções e distribuir CD’s para que os candidatos pudessem divulgar seu trabalho.

Uma das idealizadoras do Festival, Luluda Barreto, que na época ocupava o cargo de diretora de Atividades Culturais, lembra que diante da ideia de gravação dos CD’s surgiu um obstáculo que seria a autorização dos respectivos compositores de cada canção interpretada. Por conta disso foi sugerido que o concurso musical fosse disputado somente com músicas inéditas – autorais dos próprios candidatos ou de outros compositores feirenses. A partir daí surge o Festival de Música Vozes da Terra – que anos depois tornou-se “metropolitano”.

Desde o seu início, mais de 700 vozes já participaram do concurso musical. E devido à grande procura, especialmente por parte de músicos do segmento gospel, no ano de 2009 foi necessária mais uma mudança, e os cantores evangélicos foram contemplados com um concurso musical segmentado. Surgia o Festival Gospel.

Nos últimos anos os festivais continuam com o mesmo formato, mas a Fundação Cultural Egberto Costa tem investido na modernização. O uso da tecnologia e facilidade para o compartilhamento abriu possibilidades de menores custos e, ao mesmo tempo, de maior alcance para as pessoas. Os festivais que aconteciam em três dias, agora contam com o processo de inscrição digital, votação eletrônica, e apenas um dia de evento - o dia da grande final.

O investimento para realização dos festivais caiu em aproximadamente 75% e ao mesmo tempo as possibilidades de sucesso e conhecimento dos trabalhos musicais dos candidatos foram ampliadas.

Por: Renata Moraes
Edição: Ordachson Gonçalves

EDIÇÕES
ANTERIORES

CONFIRA AS FOTOS

ENQUETE

Qual desses nomes da música Gospel você mais curte?

Escolha uma opção abaixo: