FESTIVAL GOSPEL

Votação dos festivais através da internet proporciona visibilidade na carreira de artistas feirenses

Ao ritmo do samba, axé, rock, valsa e jazz, a 16ª edição do Festival Vozes da Terra recebeu um público cativo e cheio de animação,Neste sábado 30, na quadra da Praça CEU/ Cidade Nova. Todos os espaços foram lotados por pessoas vindas não só do bairro Cidade Nova, mas até de municípios vizinhos.

O sucesso na participação do público está diretamente relacionado as mudanças implementadas pelo governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da Fundação Egberto Costa – autarquia organizadora do evento – para este ano. O Festival oportunizou ao grande público o poder de decisão, através da internet. Foram mais de 8 mil acessos no site.

Os quinze candidatos finalistas do festival deram um show de alegria no palco, chamando a atenção do público que dançava e vibrava ao som de cada participante. “É uma forma de sabermos o quanto Feira de Santana tem talento. Estou impressionada com tanta criatividade, com tamanha valorização que a Prefeitura tem dado para os munícipes que querem realizar seu sonho na música”, afirma a dona de casa Maria de Lourdes,52, que não parou a dança nem mesmo para a entrevista.

Investir na carreira do artista local é um dos objetivos do festival. E a possibilidade de reconhecimento foi ampliada a partir do alcance do site. “Pensamos no artista que deseja ser conhecido, aquele que busca visibilidade, a busca por investidores, e incentivamos à eles o primeiro passo”, explica o presidente da Fundação Egberto Costa, Antônio Carlos Coelho.

O vencedor de uma das categorias, Bira Macedo, que já foi finalista de um dos festivais anteriormente, explica as vantagens que a automatização proporcionou e a possibilidade de se apresentar melhor ao público. “É aquela situação de você ir de porta em porta,  se apresentar, pedir que escutem a sua música e votem. Hoje a pessoa tem uma referência, o site que você pode mandar que a pessoa te procure lá como referência, e foi muito mais empolgante pra mim nesse ano”, afirma.

Os vencedores desta edição receberam respectivamente: R$ 7.000 vencedor do Festival (escolhido pelo júri); R$ 5.000,00 Vencedor da internet; e R$ 2.000,00 melhor intérprete; sendo eles: Guymeo Jumonji, Bira Macedo e Alisson D’ Souza, respectivamente.

Através da Fundação Cultural Egberto Costa, os artistas se inscrevem de forma gratuita e podem concorrer a R$ 14.000,00 – recurso destinado com o objetivo de investimento na carreira.

ENQUETE

Qual o estilo musical que você mais curte?

Escolha uma opção abaixo: